1. consulta comercial:primeiro, é preciso saber se o local do estabelecimento escolhido é apto para a realização de atividades comerciais. Essa etapa é realizada junto ao órgão responsável pelo cadastro dos imóveis de sua cidade, como a Prefeitura Municipal ou Secretaria Municipal de Urbanismo;
  2. busca de nome e marca:se o nome da marca já estiver definido, faça uma pesquisa para verificar se existe uma empresa registrada com o mesmo nome que o pretendido. Você deve fazer a consulta em uma Junta Comercial, Cartório — em caso de sociedade simples — ou no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual;
  3. formalização do negócio: na Junta Comercial ou Cartório deve ser feito o arquivamento do contrato social ou declaração de Empresa Individual. Nesta etapa, também deve ser feita a solicitação de CNPJ junto à Receita Federal e a solicitação da inscrição estadual para a Receita do estado de atuação da empresa;
  4. licença e INSS:para a empresa poder atuar no estabelecimento escolhido é necessário obter o Alvará de licença, que pode ser requerido na Secretaria Municipal da Fazenda. Já no Instituto Nacional de Seguridade Social, você poderá solicitar a matrícula do INSS;
  5. registro no Cadastur:depois de abrir uma agência de viagens, é preciso registrá-la junto ao Ministério do Turismo. O cadastro é gratuito e feito de forma virtual no site do Cadastur. Além das agências de viagens, o registro é obrigatório para empresas dos seguintes ramos:
  • guia turístico
  • hospedagem
  • transportadora turística
  • organizadora de eventos
  • acampamento turístico
  • parque temático

É importante que as atividades da empresa estejam relacionadas com o ramo em que foi cadastrada.

  1. parcerias: faça parcerias estratégicas com empresas que oferecem serviços complementares ao seu, como operadoras de viagens e seguradoras. Esses parceiros podem ajudar a divulgar o seu negócio quando um cliente os procurar para fazer cotação ou contratação de serviços. Isso garantirá mais uma forma de divulgação para a sua agência. Além disso, a venda desses serviços para seus clientes pode gerar comissões.

Estratégias para sua agência de viagens

Mesmo para os consumidores que preferem a comodidade de contar com uma empresa especializada na hora de planejar suas viagens, é necessário pensar em diferenciais para atrair e fidelizar os clientes — que estão cada vez mais exigentes. Para isso, uma boa alternativa é investir em campanhas promocionais.

Uma das principais vantagens de fechar um pacote com uma agência é a possibilidade de parcelamento da viagem. Pensar em estratégias inteligentes de precificação e promoções é uma ação com boas chances de sucesso.

Os clientes estão cada vez mais exigentes e conectados, por isso é fundamental que a empresa esteja presente nas redes sociais e elabore estratégias de marketing para aumentar o faturamento. Veja como aumentar seu faturamento fidelizando os clientes.

4 estratégias para fidelizar seus clientes

Seja ativo nas redes sociais

Quando a agência fecha pacotes de viagens com grupos, é bastante comum enviar um profissional da equipe para acompanhar os clientes. Essa prática gera mais confiança no público, principalmente quando as viagens são para destinos internacionais.

Momentos como esses são ótimas oportunidades para as agências. O profissional pode compartilhar toda a viagem nas redes sociais da empresa, mostrando para o público quais são os passeios que estão disponíveis, como é o destino e a animação dos clientes durante os passeios. Dessa forma, é possível gerar maior envolvimento do público com a agência.

Crie um blog para sua agência

Os blogs são uma ótima oportunidade para quem quer se destacar na internet. O Google é uma grande ferramenta de pesquisa para quem está procurando destinos de viagem e ter um blog pode ajudar a empresa a aparecer nos resultados de busca dos viajantes. Quando o público procurar por um destino, o conteúdo do seu blog pode aparecer entre os resultados. Isso aumentará a visibilidade para o seu site.

Faça conteúdos bem informativos e completos, quanto mais informação, mais valor será transmitido ao público.

Tenha um site

Um grande erro que as empresas ainda cometem é não ter um site. O site é o principal recurso de comunicação entre as empresas e os clientes que estão na internet. Por meio dessa ferramenta, o cliente tem mais informações sobre a agência e, assim, sente-se mais confiante em contratar um serviço. Além disso, você pode criar anúncios em diferentes plataformas, direcionando os acessos para as promoções e ofertas do seu site.

Tenha um programa de fidelidade

Os programas de fidelidade pode ser um estímulo para que o cliente faça mais viagens. Existem diversos modelos de programas, mas o de acúmulo de pontos são os mais comuns. Nesse modelo, você pode definir um critério, como por exemplo a cada pacote fechado o cliente ganha um determinado número de pontos ou a cada R$ 1 em gasto em pacotes de viagens o cliente ganha 1 ponto.

Depois de um total de pontos atingidos, o cliente é premiado. A premiação também pode ser definida por você: uma viagem para um novo destino, desconto nas próximas viagens, passeios no destino etc.

Invista na segmentação

A segmentação permite que a agência se diferencie dos concorrentes. Enquanto grande parte das empresas estão atendendo perfis diversos de clientes, você pode se especializar em um público específico, como famílias, casais, mulheres, turismo de aventura etc.

A vantagem de trabalhar de forma segmentada é que você entende melhor as necessidades e os desejos do seu público. No caso do atendimento para mulheres, por exemplo, esse público esbarra no medo de fazer uma viagem sozinha e na falta de segurança. A sua agência pode focar nesses pontos, mostrando que as viagens realizadas são seguras etc., e, assim, conquistar um público cativo.

Estudar sobre o perfil do público e aperfeiçoar o conhecimento em diferentes áreas do negócio é o segredo para quem quer crescer. Por isso, você deve estar sempre informado sobre o mercado, as tendências do setor e sobre o seu cliente.