Administrar um mini mercado de sucesso não é uma tarefa fácil. Existem diversos fatores importantes para se levar em consideração e a gestão de cada uma das áreas deve ser levada em conta para um sucesso coeso desta administração.

Entretanto, embora não seja uma tarefa fácil, saber como administrar um mini mercado também não é um desafio assim tão difícil. Uma vez que o pequeno empresário já sabe os caminhos que deve tomar e que cuidados deve ter em cada área, a gestão do mini mercado acontece de maneira mais suave, quase automática.

Isso porque, o gerenciamento do mini mercado já está internalizado no empresário que já faz a maioria das gestões de olhos fechados. Para ajudar o dono de empresa a chegar neste nível, a gente separou algumas dicas essenciais que devem fazer parte do todo manual que ensine como administrar um mini mercado de sucesso.

Vamos às dicas:

Como administrar um mini mercado de sucesso: as melhores dicas

Embora o nome indique o contrário, um mini mercado não é nada pequeno quando pensamos na quantidade de áreas que devem ser administradas para se chegar ao lucro, estabilidade e sucesso.

Dentro de um mini mercado bem administrado, estão vários setores que funcionam em conjunto, levando a uma unidade bem sucedida. A gestão bem feita de cada uma destas áreas é que leva este mercadinho a sobreviver e a garantir lucro para seus sócios e bons salários para seus colaboradores. As dicas que separamos se referem exatamente a estas áreas, essenciais para a sobrevivência de um mercadinho. Vamos lá:

Faça um bom controle de estoque

Esta dica é uma das mais importantes, não somente para quem quer saber como administrar um mini mercado mas, para quem quer administrar qualquer empresa do ramo varejista.

giro de estoque é um dos setores mais importantes a se considerar na gestão de um  negócio, uma vez que é de um estoque bem gerenciado que vem o sucesso comercial do negócio. Afinal, se os seus estoques não estão bem gerenciados, você corre o risco de perder clientes por descuido, quando falta um produto porque você não percebeu.

Além disso, o controle de estoques tem um grande impacto na área financeira do negócio. Isso porque, com um estoque bem gerido você pode negociar bons descontos com seus fornecedores e, pode também, criar promoções de tempos em tempos para evitar que produtos fiquem obsoletos e parados em suas estantes.

Gerencie bem o seu PDV

Você, como empresário sabe a importância que o PDV tem para a administração de um mini mercado, não é? Esta é uma área essencial, justamente porque todos os clientes que entram no mercadinho passam por ele para pagar suas compras. É nesta área que o dinheiro entra no mini mercado e é, principalmente por isso, que este setor deve ser muito bem gerenciado.

O PDV, também conhecido como frente de caixa, é o local final de toda a jornada do cliente dentro do seu negócio e deve ser tratado exatamente com essa importância. A dica aqui, assim como no item anterior, é que o empresário não deixe a gestão de uma área tão importante sob a responsabilidade de um caderninho.

Saiba elaborar preços em seus produtos

De que adianta ter um estoque bem gerido se você vende os produtos estocados pelo preço errado e acaba não tendo lucro? Também, não adianta tem a gestão do seu PDV bem feita se o cliente acaba passando por ele sem pagar pelo seu produto o que ele realmente vale?

Por isso, a dica aqui é: saiba o preço certo a ser cobrado pelos seus produtos. Existem fatores que devem ser levados em consideração na hora de precificar.

 

Controle a validade dos seus produtos

Você consegue imaginar o perigo de se vender um produto fora do prazo de validade para algum cliente? Uma grande dor de cabeça, não é? Tanto com o cliente, que pode reclamar e fazer propaganda negativa contra o seu negócio, quanto com a vigilância sanitária, que pode, até mesmo, fechar as portas do seu mercadinho.

Por isso, tenha sempre em dia o controle de validade dos seus produtos. tanto dos que estão nas prateleiras quanto os que estão em estoques. A sobrevivência do seu negócio pode depender disso.

Controle o Fluxo de Caixa

Esse item você sabe que é essencial, não é? Todos que sabem como administrar um mini mercado levam este item em consideração. Afinal, o fluxo de caixa é quase a alma de qualquer negócio. Esta é a área que cuida do dinheiro que entra e do dinheiro que sai do seu mini mercado e, por isso mesmo, a área da qual depende a sobrevivência do seu negócio.

Tenha um sistema de gestão

Se você não quer depender de várias planilhas, uma para cada área, a melhor dica é escolher um bom sistema de gestão de empresas. Um bom programa do tipo faz a gestão de todas estas áreas, gerencia o controle de estoques, o fluxo de caixa, cuida do PDV, do cadastro de clientes, da precificação, gera etiquetas de preços e muito mais.

Deixe abaixo suas sugestões.